História do Circuito de Jarama

29/09/2010

O Circuito do Jarama é um autódromo de 3.404 km em seu traçado antigo (já não existe este traçado) o traçado de hoje te 3.850 km de extensão, situado em San Sebastián dos Reis, nos arredores de Madri, Espanha.


Localizado através da Autopista A1 e através de uma urbanización privada.

Desenhado por John Hugenholtz (que também desenhou os circuitos de de Zandvoort e Suzuka), o circuito foi construído por Alessandro Rocci em 1967 ao norte de Madri em uma zona árida, dentro do municipio de San Sebastián dos Reis.

Em 1967 começou a abrigar o Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1, ainda que nesta ocasião o GP não contou pontos para o Campeonato do Mundo, e mp ano seguinte em 1968 passou a contar para o campeonato. Esta corrida se alternou com o circuito de Montjuïc até que após uma corrida acidentada em Montjuïc,  Jarama ficou como sede única do GP de Espanha de Formula 1.

Jarama acolheu sua última carreira de fórmula 1 em 1981, dirigido por Alessandro Rocci quando foi considerou demasiadamente limitado para as carreiras modernas.

O Grande Prêmio da Espanha de Motociclismo do Campeonato Mundial de Motociclismo disputo em Jarama em quinze ocasiões entre 1969 e 1988. Quatro grandes prêmios adicionais ocorreram no circuito, foram eles: o Grande Prêmio de Portugal de 1987, o Grande Prêmio da Europa de 1991, o Grande Prêmio da Federação Internacional de Motociclismo de 1993, e o Grande Prêmio de Madri de 1998. As duas últimas foram criadas como substituição de grandes prêmios cancelados (África do Sul e Portugal), e significaram que a Espanha abrigou três das catorze datas da cada ano (junto com Jerez e Cataluña).


Atualmente, o Jarama acolhe diferentes provas de campeonatos nacionais como o Campeonato da Espanha de Grande Turismos, as Mitjet séries e o Open da Espanha de Resistência, bem como provas próprias como o Troféu Race de Turismos e o Troféu Race de Motociclismo.

Algumas vezes o circuito é alugado para diferentes eventos ao longo de todo o ano (provas dinâmicas, gravações de propagandas, cursos de condução do RACE, etc), e organiza eventos para aficcionados ao longo do ano. No inicio de cada ano realizam-se em 3 dias as provas livres, nelas qualquer pessoa pode correr com seu carro. No final do ano realiza-se outro evento para carros clássicos e pre-clásicos de clubes, onde é reservado parte do paddock à cada clube e acontecem corridas entre clubes e entre carros.
O Jarama dispõe 3850 metros de percurso com 12 metros de largura, com subidas e baixadas, curvas peraltadas, as instalações são amplas,com ampla zona de estacionamento e muitos boxes. O asfalto é regular. O circuito de Jarama este equipado com a banda magnética de Alfano permitindo o uso de cronometro ou lap timer Alfano Fun - Pró Astro, de forma automática sem necessidade colocar emissores mos carros.


Marc Gené bateu o recorde da última versão do Jarama com um tempo de 1’17.282 com o F2007, campeão durante o Martini Legends 2008. No entanto, o recorde oficial do circuito está em 1'19.011 de Yelmer Buurman, realizado na primeira corrida da Superleague Formula disputada mo dia 8 de Novembro de 2009.

Posts Relacionados

0 comentários :