Juan Pablo Montoya Feliz Aniversário

20/09/2010

Juan Pablo Montoya Roldán (Bogotá, 20 de Setembro de 1975) é um automobilista colombiano.

 
Vencedor da Fórmula 3000, Champ Car e 500 Milhas de Indianápolis, Montoya, durante seis temporadas, correu na Fórmula 1, tendo conquistado sete vitórias e terminado como terceiro duas vezes no campeonato (em 2002 e 2003), como melhor posição.
 
Em 1999, como não havia vaga de titular na escuderia que o contratara, a Williams, foi convidado a correr na Champ Car, para substituir o então bicampeão Alessandro Zanardi na Chip Ganassi Racing.
 
Antes de ir para os Estados Unidos, Montoya já havia mostrado sua habilidade na Europa ao ser o campeão da Fórmula 3000 com sessenta e cinco pontos - um recorde na época. Na Indy, venceu o campeonato com sete vitórias em sua primeira tentativa.
 
Já no ano seguinte, na mesma escuderia, teve de lutar contra um carro com pouca fiabilidade. Ainda assim, o colombiano conseguiu uma vitória nas 500 milhas de Indianápolis.
 
Montoya fez sua estreia na Fórmula 1 em 2001, pela equipe de Frank Williams, da qual já havia sido piloto de testes. Em sua terceira corrida, ele surpreende a todos com uma linda ultrapassagem sobre o então tricampeão Michael Schumacher. Montoya liderava a corrida até que, numa atitude desastrada, o neerlandês Jos Verstappen tirou-o da prova. Apesar disso, ainda conseguiu terminar sua primeira temporada na F1 com uma vitória e três pole positions.
 
Em sua segunda temporada, já com certa experiência na categoria, conquistou cinquenta pontos e, a despeito de não ter vencido nenhuma corrida, ficou apenas atrás dos dois pilotos da Ferrari no final do campeonato. No ano seguinte, lutou pelo título até a penúltima prova, mas acabou perdendo a disputa, terminando novamente em terceiro no campeonato, com oitenta e dois pontos, duas vitórias e uma pole.
 
Em 2004, sua equipe enfrentou vários problemas: um projeto mal sucedito da Williams, além de divergências entre ela e sua fornecedora de motores acabaram por frustrar as chances de Montoya no campeonato. Por conta desse motivos, acabou aceitando uma proposta da McLaren.
 
Em sua nova equipe, Montoya sofreu um acidente, noticiado oficialmente como tendo acontecido num jogo de tênis (embora a imprensa especulasse que foi, na verdade, um acidente de moto), que o deixou de fora de algumas corridas.
 
Em julho de 2006, anuncia sua saída da Fórmula 1 e retorno a equipe Chip Ganassi, agora para correr na Nascar. Devido à pouca atenção que recebia da McLaren, os resultados modestos durante na temporada (até o GP dos Estados Unidos, Montoya havia marcado vinte e seis pontos e os melhores resultados foram dois pódios) e à aparente falta de uma opção competitiva para 2007, foram os motivos para que abandonasse a categoria logo após o GP dos Estados Unidos. Montoya já havia competido pela Chip Ganassi na Champ Car e nas 500 Milhas de Indianápolis.
 
A atitude do colombiano de transferir-se foi considerada, por alguns, corajosa, visto que ainda havia tempo para negociações com as escuderias e vagas não definidas para 2007. Sam Michael — diretor técnico da Williams — afirmou: "Senti que foi uma perda para Fórmula 1 e um talento ganho pela Nascar".
 
Antes de fazer sua estreia na Nascar, Montoya disputou e venceu as 24 Horas de Daytona ao lado de Scott Pruett e Salvador Durán.
 
No mês de junho de 2007, Montoya tornou-se o segundo piloto estrangeiro a vencer uma corrida da Nascar na história. Ele foi o vencedor da etapa da Cidade do México da Nascar Busch Series. No mesmo ano, ganhou o prêmio de melhor estreante na categoria.
 
Em 2008, venceu pela segunda vez consecutiva as 24 Horas de Daytona ao lado de Dario Franchitti, Scott Pruett e Memo Rojas.
 
Em 8 de agosto de 2010, voltou a vencer uma corrida da Nascar em Watkins Glen.

 
Registros na Fórmula 1
  • Nacionalidade Colombiana
  • Anos 2001 – 2006
  • Time(s) Williams, McLaren
  • GPs disputados 95 (94 largadas)
  • Campeonatos 0
  • Vitórias 7
  • Pódios 30
  • Pontos 307
  • Pole positions 13
  • Voltas mais rápidas 12
  • Primeiro GP Grande Prêmio da Austrália de 2001
  • Primeira vitória Grande Prêmio da Itália de 2001
  • Última vitória Grande Prêmio do Brasil de 2005
  • Último GP Grande Prêmio dos Estados Unidos de 2006

Posts Relacionados

0 comentários :