Enrique Bernoldi Feliz Aniversário

19/10/2010

Enrique Antônio Langue de Silvério e Bernoldi ou apenas Enrique Bernoldi, (19 de Outubro de 1978 em Curitiba, Brasil) foi piloto de Fórmula 1 pela equipe Arrows.


Bernoldi começou com o kart em 1987 com nove anos e ganhou vários titulos regionais antes de ir para a Europa, aos 17 anos. Entrou para a Formula Alfa Boxer na Itália, onde terminou em quarto, na primeira tentativa. Ele então entrou na Fórmula Renault e teve sucesso imediato, ganhando a rodada final da série. No ano seguinte ele conseguiu nove vitórias e o título. Após isso, entrou na Fórmula 3 britânica e conseguiu sua primeira vitória em Spa e terminou em quinto no campeonato. No ano seguinte, ele conseguiu seis vitórias.
Em 1999 Bernoldi se mudou para a Fórmula 3000 e começou a fazer alguns testes para a Sauber, na esperança de terminar como um piloto de Fórmula 1 da equipe. Neste tempo, ele foi membro da Red Bull Junior Team. Entretanto, em 2000 a Sauber contratou Kimi Räikkönen para a temporada de 2001 e a esperança de Bernoldi foi por água abaixo.
Em 2001 ele estava disponível para dirigir para a Arrows e assim o fez, sendo o companheiro do holandês Jos Verstappen. Entretanto, ele ganhou notoriedade pelos seus esforços no GP de Mônaco quando segurou David Coulthard por mais da metade da corrida e certamente custou ao escocês uma vitória e a possibilidade de David disputar com Michael Schumacher no Campeonato Mundial de Pilotos de 2001. Após a corrida ele recebeu dos dirigentes da McLaren Mercedes as palavras de que nunca iria ser um bom piloto.
Ficou na Arrows até 2002, mas seus esforços em 2002 contra Heinz-Harald Frentzen menos impressionantes e alem disso, havia uma pouca procura de equipes por ele quando a equipe Arrows saiu com 3/4 da temporada de 2002, e acabou correndo na Nissan World Series.
No meio de 2004 foi nomeado piloto de testes da BAR.
No ano de 2007, participou da Stock Car no Brasil, correndo pela Action Power, ao lado de Rodrigo Sperafico, vice campeão dessa temporada, a bordo da bolha do VW Bora.
Em 2008, correu pela equipe Conquest na IndyCar nos Estados Unidos e ja na segunda corrida provou novamente seu talento nato, escolhido como destaque da prova em St. Petersburg, largando em decimo oitavo, liderando por varias voltas e acabando a prova em quinto (sendo o piloto com mais ultrapassagens). No entanto, uma grave contusão no braço, resultante de um acidente que teve, o fez perder as últimas etapas da temporada, tendo sido substituido pelo piloto canadense Alex Tagliani.
Em 2009 retornou a Stock Car no Brasil, agora defendendo a equipe RCM, time B do campionissimo Rosinei "Meinha" Campos sendo companheiro de equipe do "Expresso da Paraíba", o piloto Valdeno Brito, utilizando a bolha do modelo Peugeot 307.
Foi confirmado como o novo piloto do Flamengo para a temporada de 2009 da Fórmula Superliga.
Registros na Fórmula 1
  • Nacionalidade Brasileira
  • Anos 2001 – 2002
  • Time(s) Arrows
  • GPs disputados 29 (28 largadas)
  • Campeonatos 0
  • Vitórias 0
  • Pódios 0
  • Pontos 0
  • Pole positions 0
  • Voltas mais rápidas 0
  • Primeiro GP Grande Prêmio da Austrália de 2001
  • Primeira vitória
  • Última vitória
  • Último GP Grande Prêmio da Alemanha de 2002

Posts Relacionados

0 comentários :