Penske PC 26

25/01/2011


O Penske PC 26 foi o último carro construído pela equipe de Roger Penske a ganhar corridas. O carro, projetado por Nigel Bennett foi produzido pela fábrica da equipe na cidade de Poole, Inglaterra. O carro foi uma resposta ao fraco PC 25 do ano anterior que não consegui ganhar nem uma única corrida pela equipe.

As novidades em relação ao carro anterior eram dimensões um pouco menores, cockpit redesenhado para atender as maiores exigências de segurança dos pilotos, tanque de combustível montado mais baixo e o assento do piloto mais recuado, ajudando da distribuição de peso.

O motor era um V8 da Mercedes-Benz modelo "IC 108 D" com 2.65 litros equipado com um Turbo da marca Garrett que produzia 850 cavalos à 14.200 rotações por minuto e era preparado pela Ilmor e o câmbio utilizado foi um semi-automático de 6 marchas fabricado pela Penske.

O carro ganhou 3 corridas aquele ano, chegando à 99ª vitória da equipe com seu próprio carro, nas mãos do inconstante Paul Tracy e de seu companheiro que não foi bem naquele campeonato, Al Unser Junior. No fim do anos seus pilotos terminaram em 5º e 13º lugares. O ano seguinte foi usado o último chassis da série PC, que a partir de então passou a serem comprados da Lola, Reynard e Dallara respctivamente até hoje. O PC 26 foi o último chassis bem sucedido produzido pela Penske

Posts Relacionados

2 comentários :

Anônimo disse...

Na matéria não é citado o ano do carro.

Anônimo disse...

O ano do carro não foi citado.