Sauber apresentou novo C30

31/01/2011

A Sauber apresentou hoje em Valência o C30, monolugar com que vai correr no Mundial de Fórmula 1 de 2011, e com que pretende dar um passo em frente, não só em termos de rapidez, bem como fiabilidade, um dos grandes problemas da época passada. O monolugar está equipado com um motor Ferrari, e no seu design destaque para o que parece vir a ser comum à maioria dos novos carros: tem um nariz elevado. De acordo com o diretor técnico da equipa suíça, James Key "o carro foi construído com base nos pontos fortes do C29, eliminando-se o que entendemos serem os pontos menos conseguidos do carro anterior."






A Sauber se tornou a terceira equipe (e a segunda apenas hoje) a apresentar seu novo carro para a temporada 2011 da F-1.

O time suíço, que quase morreu no fim de 2009 com a saída da BMW, retirou a marca de seu nome oficial e incorporou o piloto Sergio Perez ao lado do japonês Kamui Kobayashi. O novo carro apresenta uma traseira fina e integrada, com as laterais mais esculpidas, o bico sempre alto, e o Kers da Ferrari.

A presença do mexicano Perez, de 20 anos, vice-campeão atual da GP2, já pôde ser notada com a presença de quatro patrocinadores de seu país (Telcel, Claro, Telmex e José Cuervo), que fazem a diferença na pintura branca, cinza e vermelha adotada em 2010.

Perez e Kobayashi exibiram o carro pela primeira vez no circuito de Valência, onde a pré-temporada se inicia nesta terça-feira. O C30 nada mais é que uma evolução de seu antecessor. "Nossa meta era construir nas forças e eliminar os pontos fracos", disse o diretor técnico James Key.

"Além disso, é importante ir para a pré-temporada com um carro que entendemos, e trabalhamos muito para garantir que as características do carro estão na direção que acreditamos. Ainda há muito o que aprender com os novos pneus Pirelli e queremos garantir que não existirão surpresas", continuou.

Para o dono do time, Peter Sauber, a presenkla de Key, contratado no ano passado, já vem rendendo frutos após um ano complicado. "Nunca tivemos tantos problemas de confiabilidade quanto no ano passado, mas conseguimos superá-los na segunda metade do ano passado. Implementamos consideráveis mudanças estruturais e a presença de Key já rendeu grandes conquistas. Agora, ele é o responsável pelo C30."

fonte: tazio.com.br

Posts Relacionados

0 comentários :