Só Ferrari faz frente para a Red Bull

28/02/2011

A coluna post do leitor desta segunda foi enviada de Portugal pelo nosso amigo Jose de Bragança.

McLaren e Mercedes continuam com problemas e apenas a Ferrari parece capaz de fazer sombra à equipa campeã do mundo.

A Red Bull parece sair na posição de favorita para o início do Campeonato do Mundo de F1, mas a Ferrari está a afirmar-se como a única séria opositora à equipa de Mateschitz. Isso mesmo se confirmou nos últimos testes de Barcelona, dos quais faremos uma análise aprofundada na próxima semana, pois esta edição fechou antes do início do último dia de trabalho na Catalunha.

Tal como em Jerez, foram as séries mais longas dos piloto da Red Bull que mostraram o valor do RB7, ao ponto de Mark Webber ter feito uma simulação completa de Grande Prémio no domingo, ao mesmo tempo que Massa fazia o mesmo com o seu Ferrari F150, sendo capaz de rodar em tempos ligeiramente melhores que o brasileiro, para além de conseguir preservar os pneus por mais quatro ou cinco voltas que o seu rival.

Nos dias anteriores tinham sido Vettel e Alonso ao volante, e se ambos tiveram problemas mecânicos inesperados num dos dias, no outro rodaram bastante e fizeram séries muito longas em tempos competitivos.

Quebra cabeças nas afinações

Das restantes equipas com aspirações às vitórias, a McLaren, Mercedes e Renault estão mais atrasadas que a Red Bull e a Ferrari. No caso da equipa inglesa, o MP4/26 tem um comportamento muito nervoso e destrói os pneus de forma bem evidente, mas parte dos problemas está ligados ao sobreaquecimento do fundo plano na zona onde sabem os escapes, pois isso leva a uma deformação do material e, consequentemente, à perda de eficácia aerodinâmica.

Já a Mercedes debate-se com um chassis que subvira em entrada de curva e sobrevira em saída de curva, o que coloca os pilotos em grandes dificuldades. A degradação dos pneus já é bem menor do que em Valência e Jerez, mas o melhor tempo de Rosberg foi feito em condições de qualificação, o mesmo se passando com as melhores marcas de Petrov e Hamilton.

Na Renault a equipa foi surpreendida pelo fraco equilíbrio do R31 nesta pista, depois de Heidfeld ter saído bastante satisfeito de Gerez. O alemão admitiu que havia ainda muito trabalho para fazer antes de pensar em voos mais altos.

Tanto a Sauber como a Toro Rosso mostraram progressos em Barcelona, apesar dos problemas de fiabilidade atrasarem as duas equipas, mas Kobayashi e Alguersuari fizeram séries longas em tempos tão competitivos como os da Mercedes, o que é bastante animador para as suas equipas.
Na Force India ainda existe muito trabalho de desenvolvimento antes de se perceber o potencial do VJM04, enquanto a Virgin já mostrou que tem um chassis bem mais sólido que no ano passado - d'Ambrosio fez uma simulação completa de Grande Prémio sem problemas. Em contrapartida, a Lotus debate-se com problemas constantes mas de pequena monta, que estão a atrasar o programa de desenvolvimento do T128.

MELHORES TEMPOS DOS TESTES

Tempos Barcelona

1º F. Massa (Ferrari F150), 1m22,625s (244)
2º N. Rosberg (Mercedes MGP W02), 1m23,168s (229 voltas);
3º S. Vettel (Red Bull RB7-Renault), 1m23,315s (141 laps);
4º M. Webber (Red Bull RB7-Renault), 1m23,422s (208);
5º V. Petrov (Renault R31), 1m23,463s (174);
6º J. Alguersuari (Toro Rosso STR6-Ferrari), 1m23,519s (155);
7º S. Buemi (Toro Rosso STR6-Ferrari), 1m23,550s (121);
8º N. Heidfeld (Renault R31), 1m24,242s (163);
9º L. Hamilton (McLaren MP4/26-Mercedes), 1m23,858s (200);
10º F. Alonso (Ferrari F150), 1m23,978s (191);
11º R. Barrichello (Williams FW33-Cosworth), 1m24,008s (170);
12º P. Maldonado (Williams FW33-Cosworth), 1m24,057s (181);
13º A. Sutil (Force India VJM04-Mercedes), 1m24,177s (166);
14º K. Kobayashi (Sauber C30-Ferrari), 1m24,243s (203);
15º S. Perez (Sauber C30-Ferrari), 1m24,515s (176);
16º J. Button (McLaren MP4/26-Mercedes), 1m24,923s(131);
17º P. di Resta (Force India VJM04-Mercedes), 1m25,194s (106);
18º J. Trulli (Lotus T128-Cosworth), 1m25,454s (66);
19º H. Kovalainen (Lotus T128-Renault), 1m26,421s (112);
20º T. Glock (Virgin MVR02-Cosworth), 1m26,598s (97);
21º J. d'Ambrosio (Virgin MVR02-Cosworth), 1m26,601s (166);
22º V. Liuzzi (HRT F110-Cosworth), 1m27,044s (70);
23º M. Schumacher (Mercedes MGP W02), 1m27,079s (204);
24º G. Mondini (HRT F110), 1m28,178s (39);
25º D. Ricciardo (Toro Rosso STR6-Ferrari), 1m28,329s (42);
26º N. Karthikeyan (HRT F110-Cosworth), 1m28,393s (148); e
27º R. Teixeira (Lotus T128-Renault), 1m31,584s (26).

Tempos de Jerez

1º R. Barrichello (Williams FW33-Cosworth), 1m19,832s (196 voltas)
2º M. Schumacher (Mercedes MGP W02), 1m20,352s (226)
3º N. Heidfeld (Renault R31), 1m20,361s (86)
4º F. Massa (Ferrari F150), 1m20,413s (217)
5º F. Alonso (Ferrari F150), 1m20,493s (246)
6º K. Kobayashi (Sauber C30-Ferrari), 1m20,601s (170)
7º J. Button (McLaren MP4/26-Mercedes), 1m21,009s (139)
8º L. Hamilton (McLaren MP4/26-Mercedes), 1m21,099s (94)
9º S. Buemi (Toro Rosso STR6-Ferrari(, 1m21,213s (182)
10º J. Alguersuari (Toro Rosso STR6-Ferrari), 1m21,214s (134)
11º B. Senna (Renault R31), 1m21,400s (68)
12º S. Perez (Sauber C30-Ferrari), 1m21,483s (150)
13º M. Webber (Red Bull RB7-Renault), 1m21,522s (207)
14º S. Vettel (Red Bull RB7-Renault), 1m21,574s (188)
15º H. Kovalainen (Lotus T128-Renault), 1m21,632s (104)
16º D. Ricciardo (Toro Rosso STR6-Ferrari), 1m21,755s (31),
17º A. Sutil (Force India VJM04-Mercedes), 1m21,780s (101)
18º N. Rosberg (Mercedes MGP W02), 1m22m103s (114)
19º T. Glock (Virgin MVR02-Cosworth), 1m22,208s (99)
20º V. Petrov (Renault R31), 1m22,493s (122)
21º P. Maldonado (Williams FW33-Cosworth), 1m22,591s (51)
22º P. di Resta (Force India VJM04-Mercedes), 1m22,945s (163)
23º J. d'Ambrosio (Virgin MVR02-Cosworth), 1m22,985s (117)
24º J. Trulli (Lotus T128-Renault), 1m23,216s (94)

Tempos de Valência

1º R. Kubica (Renault R31), 1m13m144s (199 voltas)
2º A. Sutil (Force India VJM03-Mercedes), 1m13,201s (117)
3º F. Alonso (Ferrari F150), 1m13,307s (205)
4º J. Button (McLaren MP4/25-Mercedes), 1m13,553s (105)
5º S. Vettel (Red Bull RB7-Renault), 1m13,614s (136)
6º N. Hulkenberg (Force India VJM03-Mercedes), 1m13,938s (71)
7º F. Massa (Ferrari F150), 1m14,017s (80)
8º T. Glock (Virgin VR01-Cosworth), 1m14,207s (148)
9º G. Paffett (McLaren MP4/25-Mercedes), 1m14,292s (91)
10º P. Maldonado (Williams FW33-Cosworth), 1m14,299s (130)
11º L. Hamilton (McLaren MP4/25-Mercedes), 1m14,353s /83)
12º N. Karthikeyan (HRT F100-Cosworth), 1m14,412s (188)
13º S. Perez (Sauber C30.-Ferrari), 1m14,458s (146)
14º M. Schumacher (Mercedes MGP W02) 1m14,537s (125)
15º N. Rosberg (Mercedes MGP W02), 1m14,645s (78)
16º S. Buemi (Toro Rosso STR6-Ferrari), 1m14,801s (119)
17º K. Kobayashi (Sauber C30-Ferrari), 1m15,621s (68)
18º J. Trulli (Lotus T128-Renault), 1m15,679s (74)
19º H. Kovalainen (Lotus T128-Renault), 1m16,810s (54)
20º J. D'Ambrosio (Virgin VR01-Cosworth), 1m16,003s (71)
21º R. Barrichello (Williams FW33-Cosworth), 1m16,023s (128)
22º J. Alguersuari (Toro Rosso STR6-Ferrari), 1m16,474s (84)
23º V. Petrov (Renault R31), 1m16,351s (28)
24º R. Teixeira (Lotus T128-Renault), sem tempo (18)

Posts Relacionados

0 comentários :