Benetton-Ford B190

01/03/2011

O Benetton-Ford B190 foi projetado por Rory Byrne sob supervisão de John Barnard e teve como pilotos o brasileiro Nelson Piquet e o italiano Alessandro Nanini, que após se acidentar com um helicóptero perto de sua casa em Siena no fim daquele ano foi substituí­do pelo também brasileiro Roberto Pupo Moreno.
 
Esse carro venceu 2 corridas no ano, os GPs de Suzuka, no Japão e Adelaide, na Austrália, ambas com Piquet. No Japão, GP em que Senna acertou a traseira da Ferrari de Prost e sagrou-se bicampeão, a Benetton ainda viu sua vitória com dobradinha, com Moreno em segundo.
 
O B190/B190B é um modelo da Benetton nas temporadas de 1990 e parte da de 1991 da F1. O B190 foi guiado por Nelson Piquet, Alessandro Nannini e Roberto Moreno a partir da terceira etapa, o Grande Prêmio de San Marino em Ímola de 1990. Moreno substituiu Nannini nos dois últimos GPs: Japão em Suzuka e Austrália em Adelaide. Piquet e Moreno utilizaram o B190B na primeira e segunda etapa dos GPs: Estados Unidos em Phoenix e Brasil em Interlagos de 1991.

 
  • Construtor: Benetton Formula
  • Produção: 1990-1991
  • Antecessor: Benetton B189
  • Sucessor: Benetton B191
  • Tipo de Carroçaria: Monoposto de corrida
  • Motor: Ford HBA4 V8 aspirado
  • Caixa de velocidades: Benetton Transverse 6 velocidades
  • Peso bruto (kg): 505 kg
  • Designer: John Barnard
  • Rory Byrne

Posts Relacionados

0 comentários :