F1 e a F-indy

04/05/2011

Caros amigos do Gpexpert,





Neste fim de semana temos mais uma etapa do mundial de F1 na Turquia. O que podemos esperar dessa corrida?

Muita coisa. Além de ser a melhor composição de Hermann Tilke, promovendo um circuito desafiador e com ponto de ultrapassagem, o circuito recebe o início da temporada europeia que deve ser palco de mudanças no panorama da temporada.



Muitas mudanças?

Não sabemos ainda, mas é a melhor oportunidade que as equipes tem para modificar seus carros e melhorar seus desempenhos. Já que foram 3 semanas de intervalo e várias das equipes estarão com novos pacotes aerodinâmicos.

A grande expectativa está em cima da Ferrari, pois a equipe alega que o grande problema do carro era o seu túnel de vento, que foi substuído pelo da ex-equipe Toyota.

Se for verdade o que a equipe diz: " o carro será 1 segundo mais rápido"'. Cravo aqui, a Ferrari será campeã deste ano! Pois nunca vi um carro evoluir tanto em tão pouco tempo, a diferença da Ferrari para os outros carros não era tão grande assim, e mesmo que as rivais evoluam, não será algo tão expressivo. E ainda mais, se a RBR continuar sem KERS, será presa fácil.

Se a Ferrari está altamente otimista, não se pode dizer o mesmo da Williams, que teve mudanças no seu corpo técnico e nem mesmo, otimista Barrichello, espera uma grande mudança no desempenho, já que a Williams é grande decepção desta temporada, pelo menos até agora.


De resto, as outras equipes, praticamente, calaram-se nestas últimas semanas. Então, não nos resta outra coisa, a não ser, esperar.

Mudando de assunto, não podia deixar passar a Indy em SP.




No ano passado, quando São Paulo foi escolhida no último instante para sediar a corrida, temi pelo pior, já estava tudo muito em cima da hora.
Mas fiquei surpreso com o resultado final. Um belo e interessante traçado nas ruas, algo inesperado.Todos os problemas que ocorreram no ano passado foram aceitáveis devido as circunstâncias.
Porém este ano, onde se esperava um charmoso espetáculo e belo (talvez até mais carismático que a F1), quando bastava fazer apenas alguns ajustes, tudo foi por água abaixo! (literalmente!)
Mas a culpa este ano, não foi a chuva, mas sim, a dormência dos organizadores.

A chuva, a quem diga, foi forte por apenas 20 minutos, mas pista foi incapaz de drenar a água. A corrida foi cancelada e realizada no dia seguinte, sem público e com um forte medo de uma nova chuva média que inviabiliziaria novamente a corrida.
O público que pagou para ver e não pôde ficar na segunda-feira, amargou o prejuízo.

Will Power resumiu bem a situação: " foi uma corrida solitária", graças às arquibancadas vazias. Copiando a afirmação da TV americana que veio ao Brasil fazer a cobertura: Um Fiasco...

Agora, esperamos que os organizadores tomem alguma atitude com relação a pista para o ano que vem, já que chuva em SP é comum e não dá pra torcer para que São Pedro esteja de folga no dia da corrida de 2012.








Abraços and keep yourself alive!

Posts Relacionados

0 comentários :