GP da Inglaterra de 1950

13/05/2011

A primeira corrida foi realizada em 13 de maio de 1950 no circuito de Silvestone. Giuseppe Farina fez pole e venceu o GP da Inglaterra com a Alfa Romeo 158. Outra Alfa, com Luigi Fagoli, foi segundo.

Nascia a maior categoria automobilística.

Celebra-se hoje o 61º aniversário, do nascimento do Campeonato do Mundo de F1.

A primeira prova foi o GP da Europa, também designado de Inglaterra e teve lugar a 13 de Maio de 1950. Realizou-se numa base da RAF desactivada, que dava pelo nome de Silverstone (essa mesmo).

Na sessão qualificativa, Giuseppe Farina em Alfa Romeo conseguiu a pole position, com o tempo de 1’50’’8, à média de 151,051 km/h. Em 2º e 3º lugares da grelha ficaram Luigi Fagioli e Juan Manuel Fangio (que ostentava o nº 1 no carro).

Nessa soalheira tarde de sábado, um total de 21 pilotos oficiais e privados, disputou o primeiro GP de F1, corrido num total de 70 voltas ao traçado de 4,649 km. A vitória foi igualmente para Farina, seguido de Luigi Fagioli e de Reg Parnell, todos conduzindo para a Alfa Romeo.
Como curiosidade refira-se que Fangio abandonou à 62ª volta, quando se encontrava no 2º lugar e só 11 carros terminaram a prova. Nenhum dos constructores pioneiros, faz actualmente parte da F1.

No final da temporada e com 7 provas disputadas, Farina sagrar-se-ia o primeiro Campeão do Mundo de F1, sendo Fangio o 2º classificado.
Foi assim que tudo começou.

A primeira corrida de Fórmula 1 a contar pontos para o Campeonato Mundial foi realizada há exatos 60 anos, no circuito de Silverstone, na Inglaterra.

Realizado em uma tarde de sábado, o evento foi um marco, pois representou um recomeço para o automobilismo esportivo na Europa do pós-guerra, graças à participação de algumas das grandes montadoras da época. Para o público – estimado em 100 mil pessoas - era uma oportunidade e tanto de ver os grandes nomes do esporte a motor em ação. Entre outras presenças ilustres estavam também o Rei George VI, a Rainha Elizabeth e a Princesa Margaret.

Apesar da enorme expectativa, não foi uma corrida com grandes disputas, pois teve apenas três pilotos se alternando na liderança, e todos da mesma equipe - a Alfa Romeo, que retornava às competições depois de um ano de ausência.

Ao completar as 70 voltas da prova, o italiano Giuseppe Farina foi o primeiro grande vencedor, depois de lutar pela liderança com seus companheiros de equipe, o também italiano Luigi Fagioli e o argentino Juan Manuel Fangio. Fagioli encerrou a prova em segundo e o inglês Reg Parnell, também da Alfa Romeo, em terceiro.

Os nomes que ficaram na História
  • Giuseppe Farina
  • Juan Manuel Fangio
  • Luigi Fagioli
  • Reg Parnell
  • David Murray
  • David Hampshire
  • Leslie Johnson
  • Peter Walker
  • Tony Rolt
  • Joe Fry
  • Brian Shawe-Taylor
  • Cuthbert Harrison
  • Bob Gerard
  • Yves Giraud-Cabantous
  • Louis Rosier
  • Philippe Étancelin
  • Eugène Martin
  • Johnny Claes
  • Louis Chiron
  • Emmanuel de Graffenried
  • Prince Bira
  • Joe Kelly
  • Geoffrey Crossley
Foram 23 os pilotos que tiveram a honra de formar o grid da primeira corrida de Fórmula 1 válida para o Campeonato Mundial, distribuídos em 13 equipes, incluindo as particulares, formadas por pilotos endinheirados que simplesmente compravam carros de grandes fabricantes para poder competir e tornar seu sonho realidade.


Passados 60 anos deste dia histórico, nenhum deles está vivo hoje. O último sobrevivente foi o inglês Tony Rolt, morto em 6 de fevereiro de 2008.

Posts Relacionados

0 comentários :