“Menino” prodígio

20/05/2011

O jovem Alberto Ascari, filho do grande campeão Antonio Ascari, tem mostrado que conquistou um lugar na Scuderia Ferrari por seus esforços e não por causa do sobrenome ilustre.

De geração em geração: Alberto posa com o filho

A estreia de Alberto no automobilismo se deu na última Mille Miglia do período “Pré-Guerra”, em 1940, com o primeiro carro construído por Enzo Ferrari, o “Autoavio Construzioni 815”.

No retorno às corridas, em 1947, ele chamou a atenção das equipes principais da Maserati ao conquistar o segundo lugar no Grande Prêmio do Cairo, na categoria dos “Voiturettes”, com um Cisitalia D46.

Pela marca do tridente, Ascari venceu, entre os anos de 48 e 49, o Gran Premio del General Juan Perón -durante a temporada argentina- e o GP de San Remo.

Após uma breve passagem pela antiga equipe de seu pai, a Alfa Romeo, Ascari se transferiu para a Ferrari, onde já conquistou as corridas de Bari e Reims, na Fórmula 2, e os Grandes Prêmios da Suíça, da Itália e o International Trophy de Silverstone, na categoria principal.

Depois da vitória no último final de semana, na Bélgica, a estreia do mais novo prodígio italiano na Fórmula-1 é aguardada com ansiedade pela imprensa italiana e pela torcida da Ferrari.

Posts Relacionados

0 comentários :