Ferrari Azul?

01/06/2011

O vale a pena postar de novo vai postar novamente a hisrória da Ferrari e suas outras cores.

Nem sempre a Ferrari correu de vermelho, nem eu sabia disso descobri fuçando pela net, isso eu não sabia.


Bom desta foto à cima só consegui saber que a Ferrari Azul e amarela é uma Ferrari 625 de Foilán González.

Tudo teve início quando as autoridades esportivas dos Estados Unidos estavam demorando para homologar o modelo "250 GTO" para competições.

Furioso com a demora, Enzo decidiu que seus carros seriam inscritos por um importador, a "NART" (North American Racing Team), e correriam com as cores azul e branca nas corridas na América do Norte.

“Se não homologarem a 250 GTO, a Ferrari nunca mais inscreverá uma equipe oficial em uma corrida americana” ameaçou "Il Comendattore", que teve sua situação regularizada semanas depois.

No final, a Ferrari sagrou-se campeã com John Surtees, depois de uma temporada bastante turbulenta nos bastidores da equipe.

Basta lembrar, por exemplo, que o inglês viveu uma situação bastante constrangedora no GP da Itália.

Simplesmente, Enzo o deixou sem carro durante boa parte da classificação.

Só liberou o carro para Surtees no último momento, pois queria levá-lo ao limite do desespero, por acreditar que o piloto não tinha espirito lutador.

Curiosamente, no filme "Grand Prix" (1966), Jean-Pierre Sarti enfrenta situação semelhante nas mãos de Agostini Manetta.

Ferrari 1512

Mas, voltando ao assunto, houveram ainda mais algumas situações em que a Ferrari correu com outras cores. Nos GPs da Bélgica de 1958 e 1961, o piloto da casa, Olivier Gendebien, correu com um carro inscrito pela "Écurie Francorchamps", pintada de amarelo (cor da Bélgica no automobilismo).

Olivier Gendebien

Antes disso, em 1951, o inglês Peter Whitehead correu com uma Ferrari particular, com o “British Racing Green” e batizada de “Thin Wall Special”.

Peter Whitehead

Em 1976, em uma corrida extra-campeonato, o italiano Giancarlo Martini correu com uma Ferrari alugada pela Scuderia Everest e pintou a tomada de ar de preto.

Giancarlo Martini

Recentemente, no GP da Itália de 2001, disputado cinco dias depois dos atentados terroristas nos Estados Unidos, a Ferrari retirou todas as inscrições de patrocinadores e correu com o bico dos carros pintados em preto, em sinal de luto.

Barrichello e Schumacher

Posts Relacionados

1 comentários :

blogformulamonu disse...

Caro Jean, acho que não consegui mandar o e-mail. Mas aceito colaborar com esse magnífico blog chamado GP Expert. Só esperando pelo sinal de sim. Mande um e-mail para mspykerinter@hotmail.com
Marcelo Necro, do blog Scuderia Ferreira BMF