info difusor F-1 (Foto: Reprodução)
 
O domingo de Fórmula 1 em Silverstone começou seguindo a mesma tônica da semana: mergulhado em incertezas. Os chefes de equipe se reuniram antes do GP da Inglaterra para discutir a regra do escapamento aerodinâmico, ou difusor soprado. A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) tinha avisado no sábado que, se houvesse consenso, revogaria o limite imposto para este fim de semana, quando as equipes podem usar apenas 10% dos gases do escapamento, que ajudam na aderência dos carros na pista. A reunião de domingo, no entanto, não chegou a um consenso.

O site “Autosport.com” informou que a Ferrari e a Sauber (que usa motor Ferrari) se recusaram a assinar o acordo que faria a regra voltar ao que valia até o GP da Europa, há duas semanas. A Williams, que usa o motor Cosworth, também ameaçou não assinar, mas no fim acabou concordando com a solução da FIA.

Após a reunião, representantes das equipes disseram que agora paira a incerteza sobre como ficará o regulamento a partir da próxima corrida, no dia 24, na Alemanha. Um novo encontro será marcado para a semana do GP, provavelmente na quarta-feira.
- A situação agora é ridícula. Não sabemos que preparações devemos fazer para a próxima prova – afirmou um dono de equipe ao “Autosport”, sem se identificar.

Posts Relacionados

0 comentários :