Super Monaco GP II

09/07/2011

Esta incrível raridade, que joguei desde minha infância, na minha opinião o melhor jogo de F1 já feito pros 16 bits.

Sem mais delongas, vamos lá.

Ayrton Senna’s Super Mônaco GP II é um jogo de corrida ) criado pela SEGA para se jogar no Mega Drive, Game Cube e Máster System (numa versão bem fuleira), foi lançado em 16/07/1992, nos EUA, chegando no Japão muito tempo depois, apenas em 17/07/92.

Conta com a participação efetiva de Senna tanto para desenvolver o jogo, como para ‘ajudar’ o player no decorrer das corridas dando instruções sobre as pistas e auxiliando como um ‘chefe de equipe’ com palavras/frases como: Final Lap, Congratilations, Nice Drive, GO, C’mon. Impressionate, se tratando de ’92.
O realismo do jogo pra um console de 16 bits é impressionante, você tem a opção de correr o campeonato mundial nas dificuldades
Begginer e Máster, onde você desafia os pilotos e vai subindo de equipe, chegando até a equipe do Senna (a melhor obviamente em todos os quesitos), sem contar com a opção de Save, algo raro no Mega Drive.

O jogo possui um ótimo numero de pistas, e todas muito próximas do trajeto original, com opção (em algumas pistas de correr na chuva, até fazer pit-stop).

A grande verdade é que o jogo é feito sobre o Super Mônaco GP, mas isso acaba não importando muito, porque não tem as fotos do Senna, nem a ‘pronuncia perfeita de NAIXE DRAIVIN, enfim,
foi um excelente jogo que a SEGA faturou muito em cima da idolatria que os japoneses tinham pelo ‘deus brasileiro da F1.
Com tudo isso, era imprescindível que Ayrton Senna’s Super Monaco GP II contasse com a presença do ídolo e tri-campeão (1988, 1990 e 1991) o que, de fato, ocorreu. Senna participaria na produção do game, influenciando diretamente no seu sistema de jogo através de informações técnicas. Há uma matéria excelente na edição #5 da revista Supergame sobre esta participação:
Propaganda de Super Monaco GP II
.
Logo na tela título há uma imagem digitalizada em alta qualidade de Senna, e o mesmo vai acontecendo nas telas seguintes. Além disso, cada prova contém um texto introdutório, como se fosse um briefing da prova, dado pelo próprio piloto. Não só a imagem de Senna foi utilizada, mas também a voz, em mensagens como “Go!” e “Congratulations”. Esse tipo de contribuição de Ayrton para o jogo não somente traz uma maior imersão ao jogador, como também o faz identificar-se com
o próprio piloto.
.
Senna dá algumas dicas ao jogador
.
Porém, parece que a colaboração de Ayrton não se deu de apenas em algumas telas do menu de jogo: toda a produção do game em si teve consultoria do piloto, o que incluem os gráficos, jogabilidade, orientações técnicas sobre os carros e as pistas. Em relação à sua versão anterior, Super Monaco GP II possui gráficos melhorados, mais fluidos e uma jogabilidade um pouco mais semelhante à realidade – guardadas as devidas limitações de hardware
– o que gerou algumas críticas por parte das mecânicas de jogo; por exemplo, ao bater em um carro, a velocidade é reduzida drasticamente, e a CPU sempre levava vantagem quando isto ocorria. Dessa forma, o jogo foi considerado por alguns muito mais difícil em relação a seu antecessor, exigindo muito mais das habilidades do jogador, o que pode ter afastado alguns jogadores. Por outro lado, Senna pediu para que fosse tirado o choque do seu carro com a zebra, já que a mesma seria usada na realidade para melhor
tangenciar as curvas. Isto facilita a vida do jogador em algumas curvas mais fechadas.
Super Monaco GP II (tela)
O som teve uma sensível melhora nas vozes digitalizadas, em maior qualidade – seu predecessor tinha vozes tão roucas que eram quase incompreensíveis – mas os efeitos sonoros e música sofreram uma queda de qualidade, principalmente no som que retrata os carros adversários.
Uma contribuição especial de Senna foi a inclusão de duas pistas desenhadas pelo próprio piloto, além de um terceiro traçado: o de seu kartódromo particular na cidade de Tatuí-SP (imagem abaixo)
Pista de Kart de Senna
O jogo não possui a licença de uso dos nomes de pilotos (além de Ayrton Senna) e equipes, então a solução encontrada foi substituir estes nomes por outros que de alguma forma lembrariam seus equivalentes reais. O “Leão” Nigel Mansell, por exemplo, é representado pelo piloto inglês N. Jones:
Veja a lista completa de quem é quem em Super Monaco GP II na página do jogo na Wikipedia.
Apesar de não significar um grande salto em relação ao primeiro jogo, Ayrton Senna Super Monaco GP II foi muito bem recebido pela crítica especializada, principalmente a nacional.
Comercial Japonês de Ayrton Senna Super Monaco GP II

Posts Relacionados

0 comentários :