Veja 21 fatos que marcaram a carreira de Schumacher

23/08/2011

Hoje dia 23 de agosto, Michael Schumacher completa 20 anos de Fórmula 1. Naquele dia, o piloto teve a chance de participar dos treinos livres de sexta-feira pela Jordan. Desde então, o alemão acumula sete títulos mundiais, 91 vitórias e 68 pole positions em 279 Grandes Prêmios, além da ira dos brasileiros desde que venceu, na Áustria em 2002 após ordem da Ferrari, a Rubens Barrichello.

Pela Jordan, Michael Schumacher fez a sua estreia na F1 no GP da Bélgica. O titular da escuderia, Bertrand Gachot, foi preso por agredir um taxista em Londres com gás-pimenta, o que fez com que Eddie Jordan contratasse o jovem piloto alemão.

Michael Schumacher chegou a competir ao lado de Nelson Piquet nas etapas finais de 1991, após a Benetton demitir Roberto Moreno. Pela Benetton, Schumacher vence sua primeira corrida na carreira, no GP da Bélgica de 1992.

No GP da Austrália de 1994, Schumacher provoca acidente polêmico com Damon Hill e comemora primeiro título mundial.

Schumacher comemora a vitória no GP do Brasil de 1994, em Interlagos. Ayrton Senna estava em segundo, mas cometeu um erro e abandonou a corrida quando tentava se aproximar do alemão da Benetton.

No GP de Mônaco de 1994, o piloto alemão participou de homenagem a Ayrton Senna, morto na corrida anterior em Ímola.

No GP da Espanha de 1996, Schumacher comemora sua primeira vitória pela Ferrari.

Michael Schumacher tenta provocar um acidente com a Williams de Jacques Villeneuve, mas se dá mal e é o único a abandonar a corrida final em Jerez de la Frontera em 1997. O título ficou com o rival canadense.

Por ter provocado um acidente com Jacques Villeneuve, Michael Schumacher é punido pela FIA e tem os pontos da temporada de 1997 anulados.

Michael Schumacher fratura a perna em um acidente no início do GP da Inglaterra e fica fora de várias corridas da temporada de 1999.

Michael Schumacher vence o GP do Japão de 2000, fatura o terceiro título mundial e quebra jejum de 21 anos da Ferrari.

Michael Schumacher vence pela quinta e última vez em Mônaco, em 2001, ficando a apenas uma conquista de igualar o recorde de Ayrton Senna.

Piloto alemão vence GP da Hungria de 2001 e é campeão pela quarta vez.

No GP da Áustria de 2002, Schumacher é vaiado no pódio ao vencer a corrida após a Ferrari obrigar o companheiro Rubens Barrichello a ceder a liderança ao alemão a poucos metros da linha de chegada.

Apesar de ter completado o GP da França de 2002 em segundo lugar, Schumacher conquista o quinto título mundial e iguala o recorde de Juan Fangio.

Piloto alemão festeja, no GP do Japão de 2003, a conquista de forma apertada do sexto título mundial.

Schumacher comemora o sétimo e - até agora - último título mundial ao terminar em segundo no GP da Bélgica de 2004.

Pelé homenageia Michael Schumacher no GP do Brasil de 2006, prova que marcou a despedida do alemão da F1.

Michael Schumacher beija o carro da Ferrari no GP da Itália de 2006, prova na qual anunciou a sua despedida da F1.

Em 2010, Schumacher põe fim à aposentadoria de três temporadas e retorna como piloto da Mercedes, mas ainda não conseguiu brilhar.

 fonte: terra.com.br

Posts Relacionados

0 comentários :