Tinha surgido um Ídolo?

05/10/2011

Bom galera estava lendo posts antigos e no final do ano de 2008 a grande maioria dos sites e blogs diziam  que estava surgindo um novo ídolo brasileiro.

Mas desde o final de 2008 o que aconteceu foi justamente o contrário. Vejamos um pequeno texto da época.

A última etapa da temporada 2008 de F1 é um divisor de águas na carreira de Felipe Massa. Antes desta corrida, Felipe era um piloto admirado pelo público brasileiro que depositava grandes esperanças nele por ver novamente um compatriota na briga pelo título. Mesmo assim, Massa ainda era visto com desconfiança por parte da imprensa e do povo. Mas após o término do campeonato, pelas circunstâncias que foram e pela forma que o piloto brasileiro se portou após a derrota, Felipe agora é um ídolo nacional, conquistou ainda mais seus admiradores, além de ter ganho outros milhares, orgulhosos de seu feito e de sua reação sóbria com a derrota.

Essa última etapa é o marco, mas essa mudança da visão sobre o brasileiro não aconteceu só por causa dela, foi conquistada ao longo desse ano de 2008. Massa mostrou que é um ótimo piloto, não é fora de série, mas tem técnica e espírito de campeão. Após duas fracas atuações nas duas primeiras etapas do ano, Massa teve uma recuperação técnica e moral incrível. Foi de longe o piloto que mais cresceu durante o ano. Desbancou o campeão Raikkonen em iguais condições. E no Brasil, coroou seu ano com uma atuação perfeita. Não ganhou o título, mas ganhou respeito, moral e mais milhares de fãs, dentre estes, eu.

Pergunto a vocês depois do acidente de 2009  até os dias de hoje Massa mostrou que na verdade não era o novo ídolo nacional? Eu acredito que ele deixou de ter as mesmas regalias que Fernando Alonso no GP da China de 2010 quando não fez nada ao ser ultrapassado na entrada dos boxes durante a 22ª volta do GP.

Posts Relacionados

1 comentários :

Andre "Green" disse...

o acidente quebrou o massa da mesma forma q berguer ,piquet e wedlinger quebraram.

hakkinen se recuperou depois de 2 anos, vejamos agora o massa.