Apresentação das Equipes

01/01/2012

Em breve, começarão os lançamentos dos carros para a temporada 2012 da Fórmula-1.

Levando-se em conta a atual política “pés no chão”, separei alguns lançamentos curiosos das décadas de 70, 80 e 90 (clique para aumentar).

Começamos com o GH1 da Embassy Hill, em 1975. A história terminou em tragédia, depois que Graham Hill, seu piloto Tony Brise (dentro do carro) e alguns membros da equipe morreram em um acidente aéreo.

No ano anterior, os irmãos Fittipaldi apresentaram o FD-01 na Câmara dos Deputados, em Brasília, num evento que contou com a presença do presidente Geisel.

No mesmo ano, ninguém compareceu ao lançamento do modelo do azarado Chris Amon.

Festa bastante formal no lançamento do F101 do construtor japonês Maki.

Em compensação, as pin-ups da revista Penthouse agitaram o lançamento do Hesketh 308E e fizeram a alegria do piloto Rupert Keagan.
Como se pode notar, Andrea de Cesaris estava bastante desconfortável na apresentação do Alfa 182T, se apoiando no carro e com a mão na cintura.

Que o digam os “sonolentos” pilotos da Benetton, em 1993.

Já Senna nem apareceu.

A BMS-Itália, por sua vez, gastou um pouco mais e contratou algumas modelos.

No ano seguinte, em 1994, Nick Wirth -que está de volta à F1-, apresentou seu Simtek ao lado de David e Jack Brabham.

Sem muito glamour, a Forti-Corse mostrou seu novo modelo, em 1995, no estacionamento dos caminhões das equipes de Fórmula-1.

fonte: blogsportf1

Posts Relacionados

0 comentários :