Vejas as fotos do incendio nos boxes da Williams

14/05/2012

Explosão nos boxes da Williams, no GP da Espanha

Após vitória no GP da Espanha, fogo no box da Williams

incêndio box equipe williams (Foto: Agência Reuters)

Equipe da Williams tenta apagar chamas




pddxt.jpg

pddxt.jpg





As comemorações pela vitória de Pastor Maldonado no GP da Espanha deste domingo, a primeira da Williams desde 2004, foram interrompidas precocemente em razão de uma explosão seguida de incêndio na garagem da escuderia no Circuito da Catalunha. Em comunicado oficial, a Federação Internacional de Automobilismo informou que 31 pessoas foram encaminhadas ao centro médico do circuito, sendo 24 liberadas e sete transferidas para hospitais locais, onde recebem tratamento.


A explosão ocorreu em um tanque de combustível atrás do boxe da equipe. O mecânico que realizava a operação sofreu queimaduras, intoxicação por fumaça e teve o braço quebrado. Ele foi levado ao centro médico do autódromo e depois transferido de helicóptero para o hospital Valle de Hebron, em Barcelona.

O incêndio aconteceu 1h30 após a corrida e foi controlado em poucos minutos pelos bombeiros e membros das equipes Williams, Force India e Caterham. Até o vencedor Maldonado participou do resgaste e socorreu nas costas o primo Manuel, que estava com a perna imobilizada (veja a foto no Blog Voando Baixo).  Uma densa fumaça tomou conta do local. O pitlane foi evacuado pelos fiscais de pista e os funcionários da imprensa foram movidos para a outra ponta do paddock.



No momento do acidente, membros da Williams estavam reunidos na garagem da equipe comemorando o resultado na prova e o fundador e chefe da equipe, Sir Frank Williams se preparava para fazer um discurso. Houve tumulto e o dirigente foi removido rapidamente em sua cadeira de rodas. Os prejuízos ainda não foram contabilizados. As causas do incêndio estão sendo investigadas.

Após marcar sua primeira pole no sábado, herdada com a punição de Lewis Hamilton, o venezuelano Maldonado segurou a pressão do piloto da casa, o espanhol Fernando Alonso e conquistou sua primeira vitória na carreira. Aos 27 anos, Maldonado levou seu país pela primeira vez ao alto do pódio e conduziu a tradicional Williams de volta aos dias de glória, justamente no fim de semana em que a equipe celebrou os 70 anos de seu fundador, Sir Frank Williams. A última vitória da escuderia de Grove tinha sido há quase oito anos, por coincidência com outro sul-americano, o colombiano Juan Pablo Montoya, no GP do Brasil, em outubro de 2004.

Posts Relacionados

0 comentários :