O Brasil no automobilismo Mundial

29/06/2012

Nelsinho Piquet (Nascar)  Na Truck Series, considerada a terceira divisão da categoria máxima das corridas de carros de turismo nos Estados Unidos, vem de boas provas e ainda sem chegar ao pódio; no entanto, na Nationwide Series (segunda divisão), fez sua primeira prova no último final de semana e não decepcionou: largou da pole em Road America e venceu  Foto: APCom Nelsinho em alta, veja brasileiros pelo mundo do automobismo.

Nelsinho Piquet (Nascar)

Na Truck Series, considerada a terceira divisão da categoria máxima das corridas de carros de turismo nos Estados Unidos, vem de boas provas e ainda sem chegar ao pódio; no entanto, na Nationwide Series (segunda divisão), fez sua primeira prova no último final de semana e não decepcionou: largou da pole em Road America e venceu

Bruno Senna (Fórmula 1)

Com a evolução da equipe Williams em 2012, conseguiu somar pontos com frequência, mas foi ofuscado pela vitória de seu companheiro Pastor Maldonado no Grande Prêmio da Espanha; até a oitava corrida do ano, em Valência (GP da Europa), colecionou 16 pontos em quatro provas e assumiu o posto de melhor brasileiro da F1 no ano

Felipe Massa (Fórmula 1)

Corre em 2012 com a extrema pressão de disputar sua última temporada de contrato com a Ferrari; com dificuldades para somar pontos (foram apenas 11 nas primeiras oito primeiras etapas do ano), Massa se vê rodeado de boatos envolvendo sua substituição, mas mostrou melhora após o GP de Mônaco e ainda pode renovar

Helio Castroneves (Fórmula Indy)

Tricampeão das 500 Milhas de Indianápolis, tenta o primeiro título na Fórmula Indy e é o melhor brasileiro na competição. O piloto da Penske figura no quarto lugar com 261 pontos, contra 286 do líder, o australiano Will Power, da mesma equipe. Castroneves venceu a primeira prova do ano, em St. Petersburg, e subiu ao pódio na segunda, em Alabama, onde acabou como o terceiro melhor

Tony Kanaan (Fórmula Indy)

Campeão da Indy em 2004, é atualmente o sétimo colocado do campeonato com 235 pontos. Kanaan é o melhor piloto da KV Racing na tabela, já que o compatriota Rubens Barrichello ocupa a 15ª posição e o venezuelano E. J. Viso, a 17ª. O melhor resultado do baiano no ano foi o segundo posto em Milwaukee; foi terceiro nas 500 Milhas de Indianápolis e em Iowa

Rubens Barrichello (Fórmula Indy)

Após 19 temporadas consecutivas na Fórmula 1, perdeu a vaga na Williams e se transferiu para a Indy, juntando-se ao amigo Kanaan na KV. Na nova empreitada, Barrichello faz um campeonato irregular, do qual é o 15º melhor, com 164 pontos. O experiente piloto vem, por outro lado, de seu melhor resultado na categoria: a sétima colocação em Iowa

Bia Figueiredo (Fórmula Indy)

Após competir durante toda a temporada de 2011 da Fórmula Indy pela Dreyer & Reinbold Racing, a brasileira sofre com as exigências de patrocínio em 2012. Ela conseguiu aporte para disputar duas provas com a Andretti, sendo a 20ª colocada em São Paulo e a 23ª nas 500 Milhas de Indianápolis - havia largado em 13º no mais tradicional evento da série mas não voltou a competir na categoria a partir de então

Luiz Razia (GP2)

Depois de três temporadas completas na GP2 parece finalmente ter embalado na categoria. Com vitórias em Sepang, Barcelona e Valência, Razia é o segundo colocado do campeonato de acesso à Fórmula 1 com 140 pontos, um a menos que o líder, o italiano Davide Valsecchi, da Dams. O baiano é piloto da Arden International, escuderia fundada por Christian Horner, atual chefe da Red Bull

Felipe Nasr (GP2)

Em sua primeira temporada na GP2, último degrau antes da Fórmula 1, Felipe Nasr começou de forma muito positiva e conquistou o terceiro lugar na segunda corrida da Malásia, primeira etapa do ano; no entanto, desde então, tem sofrido para acompanhar o ritmo de seu companheiro na equipe DAMS, o italiano Davide Valsecchi, que lidera a temporada com seis pódios (são 28 pontos contra 141)

Victor Guerin (GP2 e AutoGP)

Guerin, 20 anos, estreou na GP2 na quarta etapa da temporada, junto ao GP da Espanha de Fórmula 1, e desde então disputou seis corridas - na melhor delas foi o 17º colocado em Mônaco, pela Ocean Racing Technology. Desde o início de 2012, o paulistano já competia na AutoGP a bordo da Super Nova; é o oitavo melhor do evento até aqui

João Victor Horto (Indy Lights)

Conhecido nos Estados Unidos como JV Horto, o brasileiro, 21 anos, participou de três das sete etapas da Indy Lights desta temporada pela Juncos Racing. O londrinense foi sétimo colocado em Barber e Indianápolis, onde conseguiu também a volta mais rápida da corrida

André Negrão (Fórmula Renault 3.5/World Series by Renault)

Piloto da equipe Draco, Negrão não começou mal a temporada e conseguiu pontuar nas duas primeiras corridas de 2012, em Aragão (Espanha); no entanto, em seu segundo ano na categoria, passou em branco nas provas em Monte Carlo (corrida única) e Spa-Francorchamps, ficando para trás na classificação - e ainda assim, é o único brasileiro a somar pontos na disputa neste ano até aqui

Augusto Farfus (DTM)

Piloto da equipe BMW RBM, Farfus tem uma primeira metade de temporada discreta até aqui, conseguindo apenas um pódio (terceiro lugar em Lauszitzring) em quatro etapas; nono colocado da temporada 2012, ele ainda tem sete etapas pela frente (sendo que uma, em Munique, não conta pontos) para reagir em busca de melhores posições

Yann Cunha (Fórmula Renault 3.5 e Auto GP)

Piloto da equipe Pons na Fórmula Renault 3.5, Yann Cunha teve papel discreto nas cinco primeiras corridas do ano (Aragão, Mônaco e Bélgica), tendo um 11º lugar como melhor desempenho e sem somar pontos; na AutoGP, correndo pela italiana Ombra, participou de duas das cinco primeiras provas da temporada, somando oito pontos na rodada dupla realizada no Marrocos

Henrique Martins (Fórmula 3 Italiana)

Único brasileiro na F3 Italiana neste ano, Henrique Martins surge na temporada 2012 como candidato a título na Europa: piloto da equipe Prema Powerteam, venceu uma das três corridas da etapa de abertura (Valencia, com volta mais rápida) e conseguiu duas vezes o segundo lugar

Rafael Suzuki (Fórmula 3 Japonesa)

Piloto da equipe Toda na Fórmula 3 japonesa, Rafael Suzuki disputou apenas as duas primeiras etapas da temporada (Suzuka e Motegi), sem ir ao pódio; em julho, o único brasileiro da F3 nipônica retorna ao País para participar do Campeonato Brasileiro de kart, em Cascavel (PR)

Roberto Lorena (F1600)

Correndo nos Estados Unidos, Roberto Lorena disputou duas etapas, com duas corridas cada, e não fez feio, conseguindo um bom sétimo lugar na segunda prova em Lime Rock; com 91 pontos nas quatro primeiras corridas, é o oitavo colocado da categoria, ainda distante dos 181 do líder Brandow Newey. Há quatro rodadas duplas para reagir: Nova Jersey, Mid-Ohio, Summit Point e Watkins Glen

Guilherme Silva (Fórmula Renault 2.0 Alps)

Em uma categoria com cinco brasileiros, Guilherme Silva (Interwetten.com Racing Team) é o de melhor desempenho, terminando na zona de pontuação em cinco das oito corridas das três primeiras rodadas duplas; no melhor desempenho até aqui, em Spa-Francorchamps, Guilherme conseguiu um terceiro lugar - mas ainda se mantendo longe do líder da temporada, o francês Normando Nato (RC Formula), com 123 pontos

Felipe Fraga (Fórmula Renault 2.0 Alps)

Outro brasileiro da Fórmula Renault 2.0 Alps a se destacar foi Felipe Fraga, da equipe Tech 1 Racing, que conseguiu o primeiro pódio do País na categoria em 2012 - na primeira prova em Pau (França), segunda etapa da temporada, Fraga foi o terceiro colocado; no entanto, o brasileiro sofre com a irregularidade de seu carro, e só voltou a pontuar na sexta rodada da temporada, em Spa-Francorchamps

Victor Franzoni (Fórmula Renault 2.0 Alps)

Dos cinco brasileiros que disputam a categoria, três têm sofrido com desempenhos discretos: Gustavo Lima (Korainen Sport), Victor Franzoni (Korainen Sport, foto) e Gabriel Casagrande (Mark Burdett Motorsport). Nenhum deles conseguiu nem sequer somar pontos até aqui, sendo que o melhor desempenho do trio no primeiro semestre foi o 12º lugar de Gustavo na segunda corrida realizada em Pau

Posts Relacionados

0 comentários :