Vice-campeão da GP2 em 2012, Luiz Razia é a nova promessa brasileira na Fórmula 1. O piloto, no entanto, ainda precisa de muito para chegar à principal categoria do automobilismo. Confira aqui uma lista de sete motivos para o baiano realizar o sonho de disputar o Mundial na próxima temporada.
Andrew Hone/Getty Images


Luiz Razia tem de aproveitar as oportunidades no teste de jovens pilotos e mostrar que pode desenvolver seu trabalho como titular de uma escuderia de Fórmula 1. O baiano correu nessa terça-feira (6) pela Scuderia Toro Rosso (STR), no circuito de Yas Marina, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos e foi apenas o sexto dos sete que estavam na pista.




O baiano de 23 anos testou uma STR, equipe que já tem o australiano Daniel Ricciardo e o francês Jean-Eric Vergne. Também por isso, apesar do pouco tempo, tem de mostrar ao time que pode ajudar a desenvolver o carro para a próxima temporada e de repente se tornar piloto de testes.


Razia também tem de aproveitar e se mostrar rápido nos testes de jovens pilotos marcados. Com o só modesto STR, o baiano foi apenas o sexto dos sete carros que entraram nessa terça-feira (6) na pista. Agora, o piloto tem de torcer para que o venezuelano Johnny Cecotto Junior não tenha melhores resultados do que ele. 


Em busca de uma vaga na Fórmula 1 em 2013, Razia também reuniu um time de patrocinadores de peso para viabilizar o acerto com uma das duas ou três equipes com quem mantém contato. O piloto brasileiro bateu à porta das empresas antes de conversar com as escuderias. 


Neste momento, Razia também se mostra bom relações públicas entre empresas e equipes. O piloto tem de se mostrar a todo momento simpático e disponível para os patrocinadores e só assim conseguir mostrar o seu talento dentro do carro. 


Mas não basta só o piloto arrecadar fundos para andar em um carro de Fórmula 1 no ano que vem se os concorrentes também fizerem o mesmo. O momento delicado que a Europa vive favorece o brasileiro nesse sentido. 


O baiano Luiz Razia também conta com a torcida dos brasileiros para ingressar na Fórmula 1 na temporada 2013. O piloto, de 23 anos, é considerado uma das mais novas promessas do automobilismo do País.






Posts Relacionados

0 comentários :