Para a revista italiana Autosprint, Ayrton Senna não está nem entre os três melhores pilotos da história da Fórmula 1. A tradicional publicação divulgou um ranking com os dez maiores nomes da categoria e deixou o brasileiro tricampeão mundial na quarta posição.


Para os italianos, o melhor piloto da história da Fórmula 1 foi Juan Manuel Fangio, argentino que venceu cinco títulos mundiais. Maior vencedor da Fórmula 1, o heptacampeão Michael Schumacher aparece na segunda colocação, à frente do britânico Jackie Stewart, que venceu três campeonatos e foi selecionado como o terceiro melhor.

Na quinta posição aparece outro britânico, Jim Clark, que foi bicampeão da categoria nos anos 1960. Rival de Ayrton Senna em sua época, o francês Alain Prost foi considerado como o sexto melhor da história, à frente de Stirling Moss, Alberto Ascari e Niki Lauda.
O único piloto que ainda está na Fórmula 1 e aparece na lista é Sebastian Vettel. Depois do tricampeonato consecutivo conquistado, o alemão da Red Bull aparece na décima colocação do ranking da Autosprint, enquanto Fernando Alonso não aparece no ranqueamento.

Emerson Fittipaldi e Nelson Piquet, brasileiros que também foram campeões, foram deixados de fora pela publicação.

Confira abaixo o ranking dos dez melhores da F1 elaborado pela Autosprint.


1 - Juan Manuel Fangio (ARG)

2 - Michael Schumacher (ALE)
3 - Jackie Stewart (GBR)
4 - Ayrton Senna (BRA) 5 - Jim Clark (GBR)
6 - Alain Prost (FRA)
7 - Stirling Moss (GBR)
8 - Alberto Ascari (ITA)
9 - Niki Lauda (AUS)
10 - Sebastian Vettel (ALE)

fonte: ig.com

Posts Relacionados

0 comentários :