Roberto Moreno e as equipes Pequenas

15/01/2013


Hoje falaremos das equipes ruins em que Roberto Moreno pilotou. Sinceramente, achar opções foi fácil, escolher foi um pouquinho mais complicado.

5 – Minardi

A Minardi sempre foi uma equipe de fundão de grid. Porém, a equipe conquistou o coração de muitos torcedores, por ser extremamente simpática. Moreno, correu na Minardi por apenas um GP, o de Adelaide, em 1991, depois de ser dispensado da Benetton para dar lugar a um jovem e talentoso endinheirado alemão chamado Michael Schumacher e correr duas corridas na Jordan.

4 – Forti Corse


A Forti Corse foi uma equipe extremamente ruim. Só conseguia correr porque nasceu em uma época que a F-1 era uma mãezona que sempre ajudava as equipes necessitadas. Senão, nem conseguir se classificar para as corridas iria conseguir. Era uma equipe Italiana, porém, com grandes características brasileiras, pois tinha sócios brasileiros e patrocinadores tupiniquins. Moreno correu nessa equipe 1995, sempre lá atrás, com o também brasileiro Pedro Paulo Diniz.

3 – Coloni


A Coloni foi uma daquelas equipes ruins bacanas da década de 80 e 90. Sério, gosto dessas histórias desse tipo de equipe. Criada por Enzo Coloni, a equipe esteve na F-1 de 1987 a 1991. A equipe já teve carros criados por universitários e etc. Moreno deixou sua marca por lá em 1989, conseguindo algumas classificações.

2 – EuroBrun


Realmente, a situação de Moreno na EuroBrun não foi fácil. A equipe durou de 1988 a 1990, com pilotos como Claudio Langes. Moreno, correu pela equipe de Walter Brun apenas em 1990. O melhor que Roberto conseguiu por lá foi um décimo terceiro lugar em Phoenix. Porém, a história mais curiosa de Moreno na equipe de Walter foi quando ele teve de remendar o chassi de seu carro com fita adesiva.

1 – Andrea Moda Fórmula


Quem poderia ser a primeira? Uma das equipes que rendeu mais histórias bizarras para a F-1 foi a Andrea Moda. A equipe durou apenas uma temporada (Nem isso, pois ficou de fora de várias corridas) sempre rendendo uma história engraçada. Moreno esteve por lá, e realizou um milagre: Com um carro que superaquecia após 5 voltas e com peças usadas, Moreno se classificou para o GP de Mônaco. Roberto abandonou depois de 11 voltas, com problemas no motor.

fonte: http://retadosboxes.wordpress.com/

Posts Relacionados

0 comentários :