Renault RE40

15/02/2013



Esse é o Renault RE40, carro da equipe francesa para a temporada de F1 de 1983. Os pilotos eram Alain Prost e Eddie Cheever, que substituiu René Arnoux. Como Prost seria o piloto nº1, o carro foi todo desenvolvido com base em seu estilo de pilotagem e testado a exaustão para tentar evitar as quebras que assolaram a equipe nas duas temporadas anteriores. Com a fim do efeito-solo em 82, a Renault projetou um carro para se adaptar a nova era Turbo. O RE40 utilizava um fundo plano e uma asa traseira maior do que o normal como uma forma de tentar recuperar o ground force perdido.

Ele foi o primeiro chassi da Renault construído inteiramente de fibra de carbono, coisa que outras equipes já tinham feito antes, e o motor era um Renault Gordini EF1 Turbo 1.5L V6 com 880HP. Esse motor, fruto de anos de desenvolvimento acabou sendo o maior problema do carro, que por várias vezes deixou um de seus dois pilotos na mão devido a complicações no turbo. Mas a história desse carro não foi de todo ruim, muito pelo contrário, Prost venceu quatro corridas e liderou o campeonato por boa parte da temporada, sendo o título decidido a favor de Nelson Piquet na última corrida após abandono do francês com problemas no turbo. Já Cheever teve menos sorte, embora tenha conquistado alguns pódios, não completou quase metade das corridas por problemas no carro.

A conclusão é que o RE40 aliou um ótimo motor com um ótimo chassi, e para muitos deveria ter consagrado a Renault como campeã daquele ano. Eles acabaram ficando com o vice-campeonato de pilotos e construtores, e a sensação de frustração por ter construído um dos melhores chassis de sua história, só que incapaz de obter o título. Mas, esse carro é bonito, tem um design interessante e as cores clássicas que a Renault retomou nessa temporada. Valeu a tentativa e o esforço deles, e para nós fica uma pequena parte da história registrada nessas belas imagens.




fonte: http://carrodecorrida.blogspot.com.br

Posts Relacionados

0 comentários :