Pódios Estranhos na Fórmula 1

03/04/2013

GP do Japão de 1977
O título de 1977 já estava definido a favor de Niki Lauda.
Os dois primeiros colocados do GP do Japão, James Hunt e Carlos Reutemann não subiram ao pódio. Os dois sairam da pista direto para o aeroporto, para não perderem o avião.
Patrick Depailler (3º) comemorou sozinho.

Forever Alone

GP do Brasil de 1981
Carlos Reutemann liderava a corrida, com Alan Jones em segundo. Frank Williams ordena a troca de posições e os mecânicos exibem a placa “JONES –REUT”. Mas o argentino dá uma de "João-sem-braço" e vence a prova. Jones, furioso, se recusa a subir no pódio.

GP de Las Vegas de 1981
Alan Jones bota um chifrinho em Jean-Marie Balestre, presidente da FISA.

GP do Brasil de 1982
Após uma difícil vitória, Piquet desmaia no pódio.

GP da Alemanha de 1986
Piquet, vencedor da corrida, faz graça com o tamanho do troféu.


GP de Mônaco de 1987Senna vence pela primeira vez no principado. Para comemora, tenta dar um banho na família real.


GP da Áustria de 1987

Na verdade, aconteceu no meio do caminho até o pódio.
Nigel Mansell venceu a corrida e, enquanto dava tchauzinho para os fãs, acabou acertando sua cabeça-oca em uma viga de ferro.

GP de Portugal de 1987
Piquet tira sarro e patola Prost.

GP do Brasil de 1989
Mansell vence, mas, na hora de levantar a taça, acaba cortando o dedo (esse, se deixarem brincando de Lego, corre o risco de engolir as pecinhas).


GP de San Marino de 1989
Senna, Prost e Nannini sofreram para abrir as garrafas de champanhe. Isso aconteceu porque a organização da corrida não lembrou de fazer isso antes da cerimônia...

GP da Itália de 1989
Senna abandona e Prost herda a vitória. O francês já havia assinado com a Ferrari para correr por lá no ano seguinte e, por esse motivo, os tifosi comemoraram.
No pódio, Prost recebe o troféu e o joga para a torcida. Ron Dennis, que por contrato sempre fica com as taças de seus pilotos, se enfurece!

GP do Japão de 1991
Senna é tricampeão e Ron Dennis resolve fazer uma brincadeirinha...
Apesar de sua conhecida carranca, Tio Ron tem um senso de humor exótico! Até o imagino atrás da porta, segurando a risada e pensando "isso vai ser legal!"


GP da Itália de 1995
Feliz da vida com sua segunda vitória no ano, Johnny Herbert comemora de maneira inusitada, mostrando o dedo-médio!


GP da Áustria de 2002
Barrichello faz uma grande corrida, mas é obrigado a ceder a vitória para Schumacher.
O Alemão, sem-graça, coloca Rubinho no lugar mais alto do pódio.

GP do Brasil de 2003
Fisichella comemora a vitória com a Jordan. Depois, vem a notícia de que Raikkonen venceu e é ele quem sobe no lugar mais alto do pódio. Alonso, terceiro colocado, não compareceu porque precisou ser levado ao hospital.
Duas semanas depois, após a apresentação de novas imagens, os fiscais declararam Fisichella como o vencedor.

GP de Mônaco de 2006
As Red Bulls de David Coulthard e Christian Klien ganharam detalhes do filme “Superman – O Retorno”. Os atores Brandon Routh, Kate Bosworth e Kevin Spacey, foram ao circuito para assistir a prova.
Coulthard conseguiu o primeiro pódio da equipe na Formula 1 e comemorou com a capa do Superman (mas com a cueca por dentro da calça).

GP da Europa de 2007
Duas cenas insólitas:
1) Pouco antes do pódio, Massa e Alonso discutem. O atual piloto nº2 da Ferrari manda o atual piloto nº1 ir fazer o nº2. Foi o famoso "va cagare".
2) Foi o último pódio da carreira de Michael Schumacher. Mas, ele não correu. Subiu lá apenas para entregar o troféu...


GP do Brasil de 2007
Pouca gente percebeu, mas José Serra confundiu Massa com Alonso, que deve ter dito "O Felipe é aquele ali..."

GP da China de 2009
Festa na Red Bull! Primeira vitória da equipe (que já tinha visto sua filial vencer um Grande Prêmio) e logo com uma dobradinha.
Seria perfeito se tivessem lembrado que a equipe é áustriaca, e não britânica, já que tocaram o "God Save the Queen" no pódio.
Pra completar, Sebastian Vettel ainda machucou o dedo ao levantar a taça do vencedor.

Posts Relacionados

0 comentários :