No dia da mentira, site brinca e diz que RBR puniu Sebastian Vettel com rebaixamento para STR (Foto: Reprodução)

 Todo 1º de abril - conhecido como “dia da mentira” em diversos países do mundo - algumas publicações internacionais gostam de brincar, divulgando notícias falsas, muitas vezes em tom sarcástico. Nesta segunda-feira, o site "Yalla F1", dos Emirados Árabes, aproveitou a polêmica protagonizada por Sebastian Vettel e Mark Webber no GP da Malásia e não perdeu a piada. Publicou que o chefe da RBR, Christian Horner, teria punido o alemão com o rebaixamento para a co-irmã STR no GP da China, próxima etapa da temporada, o substituindo por Daniel Ricciardo. A página árabe é conhecida pelas pegadinhas. No ano passado, aproveitou a má fase de Felipe Massa e "colocou" o indiano Narain Karthikeyan no lugar do brasileiro, na Ferrari.

O site capricha na brincadeira colocando aspas atribuídas a Vettel, em que ele declara aceitar a punição, recorda que venceu sua primeira corrida na carreira na STR (na Itália, em 2008), mas faz questão de ressaltar que o episódio foi fruto de um mal-entendido gerado por problemas no rádio de sua RBR.

- Aceito a decisão e farei o máximo em meu retorno à STR, onde ganhei meu primeiro GP. Peço desculpas à RBR, mas continuo a dizer que eu entendi mal às instruções. Eles disseram “Não ultrapasse Mark, não lute”, mas o rádio estava picotando e eu ouvi “Que tipo de carne você quer hoje à noite”. É muito difícil entender o que eles falam – diz a aspa, que faz um trocadilho com os sons das frases em inglês “Do not overtake Mark, do not fight”  e “What steak do you want tonight”.

Na brincadeira, a página aproveita para dar alfinetadas em outros personagens, como o heptcampeão Michael Schumacher e o chefe da RBR, Christian Horner. O site brinca dizendo que o estopim para a decisão do chefe do time foi uma montagem que correu a internet, em que Vettel aparece fazendo piada sobre o episódio com seu ídolo Schumi, famoso não só pelos títulos e recordes, como também por polêmicas atitudes nas pistas. Na imagem, o jovem alemão dizia para o compatriota: “E eu disse para ele o quanto eu estava arrependido”.

Montagem que virou hit na internet brinca com atitude de Sebastian Vettel e fama de desleal de Michael Schumacher (Foto: Reprodução)

 A matéria diz que “apesar de Vettel ter pedido desculpas a todos os membros da RBR, a escuderia decidiu tomar mais medidas disciplinares, pois a autoridade de Horner havia sido severamente prejudicada com o incidente em Sepang” e ainda cita uma fonte interna:

- Inicialmente, Christian não ficou decepcionado porque isso é um procedimento normal no time, isso acontece toda hora com Seb, ele nunca escuta. Mas uma vez que o paddock, particularmente Flávio Briatore, começou a apontar e questionar a liderança de Christian, virou uma questão de controlar os danos – diz a “fonte”, lembrando das duras críticas que o ex-empresário de Webber fez a Horner.

A brincadeira segue com um “comunicado oficial” em que RBR explica rodas as razões da punição, onde o site aproveita para ironizar a quantidade de ordens de equipe na F-1.

- Quando mandamos que nossos pilotos parem de disputar posição, eles devem obedecer às nossas decisões. O pitwall é o centro do comando de uma equipe. Se os pilotos começarem a ignorar as instruções do pitwall e fazer o quiserem, aí teremos uma corrida real, e não queremos isso em nosso esporte – diz um trecho.

fonte: globo.com

Posts Relacionados

0 comentários :