No Olho do furacão

04/07/2013

Caros Amigos do Gpexpert,

Veio Inglaterra, vem Alemanha. Entretanto, o que mais se destacou não foram os pilotos, nem as grandes ultrapassagens e nem a chuva que não apareceu no dia da corrida, mas novamente, os pneus. A boa corrida vista no domingo foi ofuscada ou comprometida pelos estouros de pneus visto na corrida.Talvez, o pior  não seja os resultados gerados na corrida, mas sim, o clima de pânico criado dentro da F1, a ameaça de boicote e cancelamento da prova neste próximo domingo.
Este efeito colateral gerado pela política de adotar pneus que se desgastam demais, não era esperado e nem que a imagem da fornecedora ficasse tão arranhada, mas aconteceu, sorte que ninguém se feriu e ainda há tempo de mudança. A mudança que deve proporcionar a maior segurança dos pilotos, mas que não mude a característica de imprevisibilidade da F1 atual, já que ninguém quer uma volta das corridas do final da década de 90 e início dos anos 2000, corridas chatas e que se definiam nas largadas.E que seja assim...
Voltando a corrida de fato, uma vitória pouco notada e falada de Rosberg,  a qual caiu em seu colo, já que o rapidíssimo Hamilton foi traído pelos pneus e Vettel traído pelo câmbio, que acabou sendo o grande perdedor do fim de semana.
Alonso e a Ferrari foram muito tristes na classificação, mas com o desenrolar da corrida e os problemas dos outros na corrida, saíram bem da situação, moralmente a Ferrari ganha fôlego, quando não esperava, embora o carro não tenha ajudado.
Se Vettel teve problemas, Webber foi do inferno ao céu nesta corrida,após ficar muito para trás na largada, lutou e chegou quase na vitória, o que acabaria sendo um grande tapa na sua futura ex-equipe, já que irá se aposentar no final do ano.
Nos revezes da corrida,Felipe Massa passou por vários neste final de semana.Bateu novamente, na chuva e nos treinos.Fez talvez a melhor largada de sua vida, mas o pneus lhe traíram.Teve a ajuda do safety car para recuperar tempo e fez boas ultrapassagens para chegar em sexto, mas em meio ao olho do furacão deste GP, sua boa recuperação nem foi notada.Sua sorte, é que a Ferrari esta disposta em renovar seu contrato, sem grandes dramas este ano.
Outro que não terá grandes lembranças desse final de semana, foi Kimi Raikkonen que após "ganhar" a posição de seu companheiro Grosjean por imposição da equipe (lamentável!), teve um erro grotesco de estratégia e ficou com pneus gastos na pista, sendo um alvo fácil e perdendo um pódio certo.  
Indo agora para frente, o que esperar do GP da Alemanha?
A Ferrari teria mais força se a prova foi em Hockenheim,onde seu retrospecto é ótimo. Nurburgring é uma pista mais técnica, que ajuda os carros melhores projetados, mas nada impede uma surpresa.Alonso e a Ferrari já ganharam algumas vezes lá e chuva que não apareceu na Inglaterra, pode ser um fantasma na Alemanha.
A grande incógnita da corrida será o desempenho da Mercedes, que embora venha vencendo corridas, não impressione ou mostre aquele favoritismo que valha uma aposta.McLaren e Lotus já não são incógnitas, são certezas que não serão fatores este final de semana.
Agora é aguardar e torcer para que o pneus sejam apenas mais um bom fator para uma corrida competitiva.
Abraços and keep yourself alive!

Posts Relacionados

0 comentários :