Ecclestone e o trem pagador

08/08/2013

Hoje, completam-se 50 anos do "assalto ao trem pagador", na Inglaterra.

Esse foi um dos crimes mais audaciosos da história. No dia 8 de agosto de 1963, sem disparar sequer um tiro, um grupo assaltou um trem que levava depósitos bancários de Glasgow para Londres. Os bandidos adulteraram um sinal para fazer o trem parar, golpearam o maquinista com uma barra de ferro e tomaram o segundo vagão, que transportava o dinheiro.

Eles conseguiram £2,6 milhões, hoje equivalentes a £46 milhões ou R$ 158 milhões! A maior parte da quadrilha acabou presa, mas 5 dos 16 membros conseguiram se safar.



E qual a relação disso tudo com a Formula-1?

Durante anos, existiram rumores de que Bernie Ecclestone esteve envolvido no planejamento e na preparação para o assalto!

Em uma entrevista para o jornal "The Independent", em 2005, Ecclestone abordou o boato com ironia: "Não havia dinheiro suficiente no trem", disse ele. "Eu poderia ter feito algo melhor do que isso."

Ele disse acreditar que os rumores começaram por causa de seu relacionamento com Roy James, um piloto de corridas profissional que dirigiu o carro usado na fuga. "Roy foi muito simpático com Graham Hill e, quando ele saiu da prisão, me pediu um emprego", disse Ecclestone, dono da Brabham na época. "Eu não ia deixá-lo pilotar para mim. Ao invés disso, dei-lhe a tarefa de fazer um troféu. Ele também tinha sido um ourives. Esse ainda é o troféu que damos para os promotores de cada temporada. Ele o fez. Os destinatários nem percebem isso."

O troféu citado por Ecclestone é um prêmio dado aos melhor promotor de corridas de uma temporada. Pesquisei no google e encontrei a imagem abaixo:


E então? Verdade ou apenas boato? Teria Ecclestone participado do crime mais célebre da história ou essa é apenas mais uma das lendas que rondam sua figura?

Publicado originalmente em: http://formula-2.blogspot.com.br/2013/08/ecclestone-e-o-trem-pagador.html

Posts Relacionados

0 comentários :