Alguns motivos para a queda de audiência da F1

08/08/2014

Caros Amigos do Gpexpert,

Nestas férias da F1, vamos aproveitar para discutir questões extra-pista.Esta semana, o destaque fica para alguns motivos da queda de audiência na F1.Na verdade, serão citados aqui, motivos pouco notados pelo público em geral, não discutir questões técnicas já que não sou nenhum profundo conhecedor de mecânica e aerodinâmica.
Começando e constatando o óbvio, a F1 de hoje é incapaz de gerar competitividade naturalmente como nos anos 80 e início de 90.No passado, não era impossível ver um carro saindo da pré-qualificação, se classificando em vigésimo sexto e chegando nos pontos.Vide Onyx,AGS,Rial,entre outras.Hoje, a diferença técnica é abissal entre grandes e pequenas equipes.Por isso, é necessário artificialidades como asa móvel, ERS (ou KERS) e pneus especiais.Isso por si só desagrada os puristas, mas julgo como o mal necessário. Entretanto, existem outros fatores que estão puxando o público para baixo.
Primeiramente, a ausência de corridas em praças tradicionais, como França,Argentina,México (que volta em 2015), entre outras.Como um país tão tradicional como França fica tantos anos fora da F1?A França com seu fantástico esquadrão na década de 80, da Renault,Elf, Paul Ricard,Dijon-Prenois...Um público grande que fica fora da F1 e que ainda sofre pela falta de um piloto vencedor, um mercado imenso.
A fase pífia da Ferrari é fator, já que é a maior torcida disparada da F1.Torcedor é passional, não é todo torcedor que é 100% fiel,senão vence, não assiste,vide o Brasil, que não tem piloto vencendo e vê a audiência das corridas e treinos oficiais caído dia a dia e que desenho animado tomado os espaços que seriam da F1.A Ferrari precisa voltar a vencer para que esse público volte.
Outro fator, é lerdeza da F1 em se atualizar para as novas tecnologias e serviços. É sempre a última a ter as novidades, quem não se lembra do tempo que F1 demorou para tornar sua transmissão em HD?!Não vamos entrar nem na questão das redes sociais...
Finalizando, a possibilidade de se transmitir as corridas na TV fechada, coisa que Bernie não permitia, mas cedeu e até a Inglaterra tem corridas apenas transmitidas só na TV fechada.Por mais que que a TV fechada tenha crescido não chegará ao público a da TV aberta. O Boxe é um caso clássico disso, foi se afastando da TV aberta e hoje sofre para recuperar seu público e com o avanço do MMA!    
E é isso, sei que muita gente não irá concordar, mas é um ponto de vista, todos tem o direito de questionar.
Abraços and keep yourself alive!

   

Posts Relacionados

0 comentários :