Sergio Marchionne mostra-se cauteloso para temporada de 2015

15/01/2015

Apesar da nova dupla que a Ferrari vai ter para a temporada de 2015, com Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen, o presidente da equipe italiana, Sergio Marchionne adimitu esta semana espera uma temporada muito complicada para a Ferrari.

Lembrar apenas que a Scuderia não conseguiu realizar uma boa temporada em 2014, tendo ao longo do ano conseguido apenas conquistar dois pódios, com os seus pilotos a terminarem o Mundial de Pilotos na sexta e 12. posição, Fernando Alonso e Kimi Raikkonen, respectivamente.

Já no Mundial de Construtores a Ferrari terminou a temporada de 2014 na quarta posição, atrás da Williams, da Red Bull e da Mercedes.

Apesar do presidente da Ferrari se mostrar cauteloso em relação á nova temporada do Mundial de Fórmula 1, a verdade é que a chegada do piloto alemão tetracampeão do Mundo, Sebastian Vettel, deixou os fãs da Ferrari com algumas expectativas para 2015.

Referir que este será o primeiro campeoato de Sergio Marchionne como presidente da equipe italiana, isto depois da saida de Luca di Montezemolo. Marchionne mostra-se assim cauteloso para o seu primeiro ano como presidente da Scuderia, deixando um recado aos fãs para que se preparem para possivelmente assistirem a mais um ano complicado.

"Infelizmente ficámos para trás mas não vou discutir com aqueles que querem entrar em argumentos. Começámos de trás mas vamos manter a nossa humildade e vamos tentar vencer", começou por afirmar Sergio Marchionne em entrevista á La Gazzetta dello Sport.

Sobre quando a Ferrari voltará a ser uma das equipes que lutam pela vitória no Mundial de Pilotos, Marchionne afirmou: “Penso que 2015 vai ser um ano de reconstituilão. Vai ser o primeiro ano completo de Maurizio (Arrivabene, o diretor) com a equipa. Espero que em 12 meses possa remover uma certa carga de incerteza, que vai ser uma praga na fase inicial de 2015”.

Sobre o novo carro da equipe italiana, o F1 666, que irá ser lançado online no site da Ferrari no próximo dia 30 de Janeiro, Marchionne mostrou-se otimista com o novo monolugar da equipe.

“O objetivo da produção do nosso carro é conseguimos evoluir durante o campeonato. Enzo Ferrari teria o mesmo pensamento. Caso ele não seja um bólido vencedor, então, nós só podemos vendê-lo”, acrescentou.

Por ultimo o novo presidente da Ferrari afirmou ainda que irá marcar presença em alguns Grandes Prémios ao longo da temporada, no entanto afirmou que não irá marcar presença em todos, recordando que a Ferrari tem um chefe de equipe (Maurizio Arrivabene) e que será ele que liderá a equipe ao longo do ano.


Saiba que poderá assistir a todos os Grandes Prémios do Campeonato do Mundo de Fórmula 1 em f1online.

Por ultimo referir que o primeiro Grande Prémio do ano de 2015 irá acontecer na Austrlália em Melbourne, entre os dias 13 e 15 de Março e que a nova temporada contará com 19 corridas, mais uma que em 2014, ja que o México entrará este ano.


Posts Relacionados

0 comentários :