De volta a 1985 parte 7: O Apartheid,boicote e o sábado

27/02/2015

Caros amigos Gpexpert,

Estamos chegando na reta final dessa retrospectiva, a penúltima parada foi a Africa do Sul.Porém nem tudo foi festa neste GP.Aliás, a temporada de 1985 foi legal,mas não foi só de alegrias, começando com a perda de dois pilotos alemães: Manfred Wilkenhock e Stefan Bellof, mas não foram nas pistas de F1.
O GP da AFS foi um momento constrangedor daquele ano, com Apartheid pegando fogo e derramando sangue, a corrida com o campeonato decidido era desnecessária,mas teve.
A F1 não saiu impune dessa atitude.Críticas duras da impressa,juntamente com o boicote das equipes francesas lideradas pelo Presidente Francês Miterrand.Com isso, Ligier,Renault e RAM não foram a Kyalami, sem contar, algumas equipes que não divulgaram seus patrocinadores em forma de protesto.Vide a Mclaren, que sua pintura e não expôs seu patrocinador Master.Para completar ainda, Alan Jones se sentiu mal e não pôde correr.Com isso, o Grid ficou esvaziado a 20 carros!(nossa, e podemos ter 18 carros para essa temporada, que mudança dos tempos!).
Nessa esteira, pode-se completar a dificuldade natural de se correr em Kyalami:pista mal conservada, ar rarefeito e muitos trechos de aceleração plena, os motores sofreram muito. A corrida acabou tendo vários de seus competidores eliminados logo no início, entre eles Senna e Piquet.A briga ficou praticamente entre as Williams, Prost e De Angelis.No final, apenas 7 carros chegaram, com Mansell na frente, um show de recuperação de Rosberg e um grande profissionalismo de Prost que sem gasolina, cruzou a bandeirada "carregando o carro".
Os vídeos de hoje são o resumo retirado do youtube,narrado por Mansell e a primeira parte em português postado no youtube pelo MrViniciusf11995.
Detalhe: Essa foi última corrida programada e ocorrida em um sábado.Não,não você não está louco.Num passado, não era impossível ter corridas de sábado, AFS e os EUA,usavam desse recurso, para atender melhor ao seu público,mas o padrão F1 baniu essa possibilidade.
Abraço and keep yourself alive!
  

Posts Relacionados

0 comentários :